Eduardo Paes prevê Carnaval do Rio sem restrições em 2022

·2 minuto de leitura
(Arquivo) Bloco Gigantes da Lira na rua durante o desfile pré-carnaval no Rio de Janeiro, em 8 de fevereiro de 2015 (AFP/YASUYOSHI CHIBA)

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, disse neste domingo (3) que em 2022 pretende realizar sem medidas de distanciamento o Carnaval carioca, que este ano foi suspenso devido à pandemia do coronavírus.

"Até novembro a gente vacina toda a população carioca com as duas doses” do imunizante contra a covid-19, “então muito provavelmente em novembro a gente não tem mais restrição nenhuma e com certeza a gente vai ter um Carnaval, um dos maiores que a gente já teve, provavelmente sem nenhuma restrição”, declarou Paes em um evento oficial no Méier, zona norte do Rio.

A cidade de quase 7 milhões de habitantes acumula mais de 34 mil mortes e 480 mil infecções desde o início da pandemia, mas já vacinou 99,2% dos maiores de 12 anos com uma dose e 65,9% com duas.

“A única certeza que a gente tem é que estamos vacinando todo mundo, e com todo mundo vacinado, a vida volta ao normal”, afirmou Paes aos repórteres.

“Quem vai ficar fazendo distanciamento no Carnaval? Fica até ridículo, pedindo um metro de distância. Se tivesse, eu seria o primeiro a desrespeitar”, acrescentou brincando.

As autoridades cariocas esperam que o avanço da vacinação nos próximos meses - que incluirá uma dose de reforço para grupos de risco - também permita a realização do Réveillon, que também foi cancelado na última virada de ano por causa da pandemia.

Nas últimas semanas, a Prefeitura do Rio autorizou a realização de eventos "teste" com o público, como jogos de futebol e festas sem a obrigatoriedade do uso de máscaras, mas que obrigaram os participantes a apresentar certificado de vacinação e teste PCR negativo.

Desde 15 de setembro, o passaporte sanitário também é necessário para visitar os principais pontos turísticos do Rio. A exigência do passaporte chegou a ser suspensa na quinta-feira devido a uma decisão judicial, mas o Supremo Tribunal Federal (STF) o restabeleceu um dia depois.

val/yow/ic

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos