EFE BRASIL - 21 MAR 2017

Bruxelas.- Os ministros de Economia e Finanças da UE se reúnem em seu primeiro encontro depois que Londres confirmou a data para ativação do "Brexit", reunião onde discutirão os resultados do G20 de Baden-Baden. (foto)(vídeo).

Londres.- A primeira-ministra da Escócia, Nicola Sturgeon, pede ao parlamento de Edimburgo permissão para solicitar ao governo britânico que lhe conceda o poder legal para realizar um segundo referendo sobre a independência da região.

Copenhague.- O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) apresenta em Estocolmo seu relatório anual sobre desenvolvimento humano.

Washington.- A Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) aborda em audiências públicas vários aspectos do Acordo de Paz da Colômbia e a situação dos defensores de direitos humanos no país.

Washington.- A Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) examina em uma audiência as medidas migratórias do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Caracas.- O parlamento da Venezuela, de maioria opositora, debate o relatório crítico da OEA que pede a aplicação da Carta Democrática a seu país e sua possível suspensão do órgão. (foto)(vídeo).

Washington.- O secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg, se reúne com o secretário de Defesa dos Estados Unidos, James Mattis.

Washington.- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinatura uma lei e discursa em um jantar de congressistas republicanos. (foto).

Santiago.- O ex-presidente do Chile, Sebastián Piñera, anuncia sua candidatura para as eleições presidenciais, programadas para o mês de novembro, em uma cerimônia que terá a presença dos líderes dos principais partidos da direita chilena. (foto)(vídeo).

Seul.- A ex-presidente da Coreia do Sul, Park Geun-hye comparece na Procuradoria do Distrito Central de Seul para ser interrogada pela primeira vez por seu envolvimento no caso de corrupção da "Rasputina", que culminou com seu impeachment. (foto).

La Paz.- Representantes dos governos da Bolívia, Brasil, Paraguai e Peru, e empresários da Alemanha e Suíça, estudam os acordos para a construção de um trem que una portos dos oceanos Atlântico e Pacífico. (foto). EFE