EFE BRASIL - 28 MAR 2018

Moscou.- A Rússia, em luto pelo incêndio em um shopping da Sibéria que causou 64 mortes, ainda não anunciou as medidas de resposta ao Ocidente pela expulsão em massa dos seus diplomatas, embora tenha advertido que fará isso em breve. (foto).

Nações Unidas.- O Conselho de Segurança da ONU realiza uma sessão aberta para analisar os principais desafios que tem nas operações de paz que mantém em todo o mundo.

Cairo.- Terceiro dia do primeiro turno das eleições presidenciais no Egito. (foto).

Paris.- Homenagem nacional a Arnaud Beltrame, o gendarme que foi assassinado depois de ter sido trocado pelos reféns retidos na última sexta-feira por um suposto membro do Estado Islâmico (EI) em um supermercado na cidade francesa de Trèbes. (foto).

Haia.- O Chile encerra o último dia do julgamento perante a Bolívia na Corte Internacional de Justiça, que decidirá se obriga Santiago a negociar com La Paz um acesso soberano ao Oceano Pacífico. (foto).

Neumunster (Alemanha).- A Promotoria alemã tem nas suas mãos o pedido de extradição feito pela Espanha do ex-presidente da Generalitat da Catalunha, Carles Puigdemont, que se encontra na prisão de Neumunster (norte do país) desde o último domingo. (foto) (vídeo).

Naipyidó.- A Assembleia da União, que compreende a ambas câmaras legislativas de Mianmar, elege o próximo presidente do país. (foto).

São Paulo.- O CEO da construtora Odebrecht, Fábio Januário, diz em entrevista à Agência Efe que a sociedade da América Latina "não vai tolerar mais atos de corrupção", no marco do intenso ciclo eleitoral que a região passará ao longo deste ano.

Paris.- Apresentação de uma paisagem do pintor Vincent Van Gogh, que será leiloada no dia 4 de junho, na Artcurial, ao lado de outras cinco obras do seu amigo Paul Gaugin. EFE