EFE BRASIL - 7 ABR 2018

A Agência Efe enviará nos próximos instantes a seguinte crônica:.


URUGUAI CULTURA - Montevidéu - Nas paredes de salas de dois metros de largura por quatro de comprimento, que de 1888 até 1986 foram celas de prisioneiros uruguaios, agora estão penduradas todos tipos de obras que vão desde colagens de cores vivas sobre a morte até um vídeo de um homem dando marteladas. Por Sarah Yáñez-Richards. EFE

phg/rd