Efeitos colaterais raros

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) estimou nesta terça-feira que os coágulos sanguíneos devem ser considerados efeitos colaterais 'muito raros' da vacina contra o coronavírus do laboratório Johnson & Johnson, cujos benefícios continuam a superar os riscos.