EI reivindica ataque a funeral

O grupo extremista Estado Islâmico reivindicou, nesta terça-feira, o atentado suicida lançado contra participantes de um funeral em Nangarhar. Pelo menos 24 pessoas morreram e 68 ficaram feridas. N°1RF2WA