EI reivindica 'ataques suicidas' em Uganda

Pelo menos três pessoas foram mortas e mais de 30 ficaram feridas em dois atentados suicidas em Kampala, capital de Uganda, nesta terça-feira. Os ataques foram reivindicados pelo grupo jihadista Estado Islâmico.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos