Einstein estreia no Globoplay com série sobre pandemia

***ARQUIVO*** SÃO PAULO, SP,  BRASIL - 06.06.2022 - Uso das máscaras virou padrão mesmo após o pico da pandemia da Covid-19 - (Foto Rubens Cavallari/Folhapress)
***ARQUIVO*** SÃO PAULO, SP, BRASIL - 06.06.2022 - Uso das máscaras virou padrão mesmo após o pico da pandemia da Covid-19 - (Foto Rubens Cavallari/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A série documental "Retratos de uma Pandemia: Na Linha de Frente do Combate à Covid-19", que estreou nesta quinta (4) no Globoplay e chega no momento em que se discute a disseminação da varíola dos macacos no Brasil, deve servir de lição, segundo Sidney Klajner, presidente do Hospital Israelita Albert Einstein.

Os cinco episódios foram filmados em mais de dois anos de pandemia, em 70 diárias da gravação que acompanhou a linha de frente dos hospitais públicos e privados administrados pelo Einstein.

Embora o coronavírus tenha características e disseminação diferentes da nova doença, Klajner afirma que os cinco episódios do documentário deixam um registro para a geração atual e as futuras sobre caminhos apontados pela experiência da Covid.

O médico ressalva que há grande diferença na proporção da varíola dos macacos, mas vê certas semelhanças.

"A gente vê acontecer em outros países, aí chega um caso, chega outro. As organizações que têm condições de prover o teste adequado, o diagnóstico mais rápido, já começam a se preparar para isso. Aprendemos muito com a Covid", diz Klajner.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos