Einstein inaugura centro de ensino e pesquisa com investimento de R$ 700 milhões

·1 min de leitura
*** FOTO DE ARQUIVO *** SÃO PAULO, SP, 09.12.2020 - Laboratório do Hospital Albert Einstein. A equipe médica do Hospital faz reuniões diárias em busca de um leito. Todos os dias, é uma operação para que seja possível dar conta das demandas Covid e não Covid. (Foto: Eduardo Anizelli/ Folhapress)
*** FOTO DE ARQUIVO *** SÃO PAULO, SP, 09.12.2020 - Laboratório do Hospital Albert Einstein. A equipe médica do Hospital faz reuniões diárias em busca de um leito. Todos os dias, é uma operação para que seja possível dar conta das demandas Covid e não Covid. (Foto: Eduardo Anizelli/ Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Hospital Albert Einstein inaugura nesta semana um centro de ensino e pesquisa para expandir suas graduações e laboratórios.

O prédio, que fica conectado ao hospital, no bairro Morumbi, em São Paulo, começou a ser construído em janeiro de 2019. O espaço tem 44 mil metros quadrados, área com árvores da Mata Atlântica e iluminação natural.

O investimento foi de R$ 700 milhões, sendo R$ 150 milhões de doações de empresas e pessoas físicas, diz Sidney Klajner, presidente do Einstein.

Segundo ele, além dos atuais cursos de enfermagem e medicina, que funcionarão no novo campus, o hospital deve oferecer, a partir do ano que vem, faculdades de administração em saúde, engenharia biomédica e odontologia em sua unidade no Butantã, em São Paulo. As aulas de fisioterapia já começam neste ano.

O campus também deve abrigar novos laboratórios de vanguarda na área da saúde, diz Klajner.

"Temos interesse em repatriar pesquisadores brasileiros que estão em organizações no exterior. A gente viu muitos especialistas, muitos pesquisadores falando sobre Covid, brasileiros em outras organizações do mundo. Certamente isso tem a ver com a falta de campo, a falta de incentivo e de subsídio à pesquisa no país. E esse cenário tem que mudar", afirma.

Durante a pandemia, o hospital esteve à frente de pesquisas sobre a Covid, com sequenciamento de novas variantes. "Grande parte dessa jornada de pesquisa foi responsável pelos trabalhos em tempo recorde durante a pandemia, que demonstraram a ineficácia de alguns medicamentos e a eficácia de outros", diz.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos