El Salvador pede chegada antecipada de observadores após violência na campanha eleitoral

·1 minuto de leitura
Policiais vigiam uma van que transportava simpatizantes do partido político FMLN, atacados com armas de fogo ao retornar de uma atividade política em San Salvador, em 31 de janeiro de 2021

O Tribunal Supremo Eleitoral (TSE) de El Salvador pediu à ONU, à União Europeia e à OEA na terça-feira (2) o envio de seus observadores para as eleições legislativas e municipais de 28 de fevereiro, após os recentes atos de violência registrados durante a campanha.

“Pedimos que (...) realizem suas missões de observação eleitoral no país, a fim de monitorar, prevenir e denunciar qualquer ato de violência política”, afirmou o TSE em nota.

As missões de observação geralmente chegam a El Salvador uma semana antes das eleições.

O pedido da mais alta corte eleitoral surge após um atentado no domingo contra militantes da oposição e da ex-guerrilheira Frente Farabundo Martí de Libertação Nacional (FMLN), que deixou dois mortos.

No ataque estiveram envolvidos, como suposto agressor, um agente estadual designado para a proteção de pessoas importantes (PPI), um motorista e um segurança particular, todos sob a jurisdição do Ministério da Saúde Pública. Todos estão detidos.

Ao solicitar a colaboração da ONU, da UE e da Organização dos Estados Americanos (OEA), o TSE busca evitar atos de violência que possam "atrapalhar" os esforços para desenvolver "eleições modernas, livres, eficientes e transparentes".

O TSE lembrou que o atentado de domingo e outros incidentes como "ameaças de morte recentes" contra alguns magistrados, além de constituírem "crimes", são contrários à lei eleitoral.

A autoridade eleitoral também apelou aos membros do partido para que evitem atos de violência política e pediu "respeito" aos adversários para que a disputa eleitoral ocorra em um clima de paz.

A campanha para as eleições de 28 de fevereiro em El Salvador começou em 27 de dezembro para deputados e em 27 de janeiro para prefeitos.

cmm/mav/rs/ap