'Ele não é só estuprador, também é pedófilo', diz delegado sobre anestesista preso

Responsável pela investigação do caso de Andres Eduardo Oñate Carrilo, de 32 anos, suspeito de violentar ao menos duas mulheres sedadas durante cirurgias, o delegado Luiz Henrique Marques Pereira, titular da Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (Dcav), acredita que o anestesista tenha feito mais vítimas, além das duas já identificadas.

Abusos gravados: Anestesista colombiano é preso no RJ por estuprar mulheres em cirurgias

Preso por estupro de vulnerável: Idosa com problemas de saúde é uma das vítimas de anestesista colombiano acusado de estuprar mulheres

—Ele é um criminoso em série. Ele não é só um estuprador, também é pedófilo — reforçando que ele conjuga dois crimes —Criminosos dessa natureza não costumam cometer apenas um crime. A polícia acredita que outras vítimas surgirão, até pela identificação de pessoas neste material apreendido.

O conteúdo do material apreendido chamou atenção do delegado não só pela quantidade — foram apreendidos mais de 20 mil arquivos — mas como também pelas imagens "extremamente violentas".

Rede social: Anestesista preso publicava momentos românticos e com colegas de trabalho, além de fotos com arma

— O conteúdo encontroado chamou a minha atenção e a dos policiais mais experientes da DCAV uma criança, bebê de colo, violentada sexualmente, é algo que, sinceramente, não consigo imaginar.

De acordo com o delegado, a maioria dos arquivos tinha origem internacional e, até agora, ele não aparece em nenhuma das imagens relacionadas à pedofilia.