'Ele não sabe nadar', diz irmã de adolescente desaparecido ao pular em rio na Baixada

·1 min de leitura

RIO — De acordo com a irmã do adolescente que desapareceu no Rio Botas, que corta o bairro de Comendador Soares, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, Yasmim Lopes, de 17 anos, Lucas Richardesson Lopes Gonçalves, de 13, não sabia nadar e não tinha o costume de mergulhar nesse córrego.

— Ele não mergulha nem em piscina. Não sabe nadar.

Lucas desapareceu por volta de 18h de quintaq-feira quando brincava de mergulhar no córrego juntamente com outras cinco crianças. A irmã foi avisada pela mãe de uma das crianças.

— Eu estava em casa quando a mãe de um dos meninos foi me chamar para contar o que tinha acontecido e eu fui correndo. Os garotos falaram chorando que não conseguiram ajudar meu irmão, pediram desculpa — conta Yasmim.

Familiares e amigos entraram com botes e cordas no rio durante a noite de quinta até esta madrugada t entando encontrar o garoto, e ainda ajudam os bombeiros nas buscas no rio na manhã desta sexta-feira.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos