Elefantes 'ficam bêbados' após ingerirem licor tradicional na Índia; vídeo

Elefantes indianos "ficaram bêbados" após ingerirem um licor tradicional na Índia, no estado de Odisha, no dia 9 deste mês de novembro. A bebida, que se chama “mahua”, é feita com as flores da árvore tropical “Madhuca Longifolia” e pode ter um teor alcoólico de até 45%.

O caso foi registrado por moradores da vila de Salipada, que haviam deixado potes de “mahua” no meio da floresta para fermentar. Quando voltaram para pegar os potes, encontraram os recipientes quebrados e vazios.

Segundo o jornal The Sunday Times, os moradores descobriram uma manada de 24 elefantes, incluindo filhotes, dormindo perto dos potes quebrados.

“Eles consumiram a bebida fermentada e ficaram bêbados”, disse Naria Sethi, uma moradora da vila, segundo uma agência de notícias indiana. “Tentamos acordar os animais, mas não conseguimos. O departamento florestal foi informado”, concluiu.

Ao The Sunday Times, Kartick Satyanarayan, executivo-chefe da ONG indiana “Wildlife SOS”, disse que os elefantes são atraídos pelo cheiro de “mahua”. “Eles adoram. É puro, saboroso e poderoso”, disse.

No entanto, a atração dos elefantes pela bebida às vezes pode se tornar mortal. Em abril, o jornal The Times of India noticiou que uma manada de elefantes havia matado cinco pessoas que estavam coletando “mahua” na floresta de Jaisingh Nagar.

Segundo um estudo publicado na revista científica “Biology Letters” em 2020, os elefantes podem "ficar bêbados" com pequenas quantidades de álcool em relação ao seu tamanho, porque são incapazes de metabolizá-lo da mesma maneira que os humanos.