Eleições 2022: campanha do TSE convida eleitorado brasileiro a atuar como mesário

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) começa hoje a veicular nas emissoras de rádio e televisão a campanha de convocação para mesário nas eleições deste 2022. Com o slogan “mesário e mesário: com você a democracia fica completa!”, a peça reforça o papel da população o pedido para os eleitores participarem do pleito. O prazo para se voluntariar termina nesta quarta-feira, 3 de agosto.

Eleitores com deficiência ou mobilidade reduzida: transferência do local de votação pode ser feita até 18 de agosto

Longe de casa no dia das eleições? Veja como solicitar voto em trânsito de 18 de julho a 18 de agosto

Segundo o TSE, nas últimas eleições, dos mais de 1,5 milhão de eleitores mesários, mais de 908 mil exerceram a função de forma voluntária. Há eleitores que são convocados para prestar serviços em uma eleição, e os voluntários, que se oferecem para os trabalhos eleitorais nas mesas receptoras de votos ou de justificativas. Desde o dia 5 junho, juízes de diferentes regiões do país estão fazendo a nomeação de mesários.

Quem for convocado recebe uma comunicação oficial da Justiça Eleitoral, por correspondência, e-mail ou WhatsApp. Em caso de impossibilidade de participar, o convocado tem o prazo máximo de cinco dias, a contar do recebimento da carta de convocação, para apresentar as razões de seu impedimento. O pedido será avaliado pelo juiz, que poderá aceitar ou não a justificativa.

Para se inscrever acesse este endereço e clique na opção “quero ser mesária ou mesário” ou “já sou mesário ou mesário”.

Como ser mesário?

Os convocados a mesário devem ser maiores de 18 anos e estar em situação regular com a Justiça Eleitoral. Aqueles que atuarem no pleito eleitoral terão os dias trabalhados contados como horas complementares em cursos universitários, e o serviço pode servir como critério de desempate em concurso público — se houver essa previsão no edital — e terão direito a dois dias de folga por cada dia trabalhado, sem perder o salário.

Quais os benefícios de ser mesária ou mesário?

Para quem for mesário, os dias trabalhados podem contar como horas complementares em cursos universitários — é preciso consultar o TRE do estado, para checar se o benefício é aplicável ao caso. Em caso de empate em concurso público, pode ter vantagem para o desempate (se estiver previsto no edital). No dia da eleição, o mesário recebe auxílio-alimentação no valor de até R$ 45, além do direito a dois dias de folga por cada dia trabalhado.

Quem não pode ser mesária ou mesário?

Eleitoras ou eleitores menores de 18 anos, autoridades e agentes policiais, bem como funcionárias ou funcionários no desempenho de cargos de confiança do Poder Executivo, candidatas ou candidatos e respectivos(as) parentes, ainda que por afinidade, até o segundo grau, e o cônjuge, integrantes de diretórios de partido político ou federação de partidos que exerçam função executiva e pessoas pertencentes ao serviço eleitoral.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos