Eleições francesas: esquerda hesita em escolher candidatura única para ter chances contra Macron

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A pouco mais de três meses das eleições presidenciais francesas, as discussões se aceleram à esquerda para a definição da melhor estratégia para chegar ao segundo turno. No penúltimo dia de 2021, o jornal Libération publica uma pesquisa sobre “o que esperam os eleitores de esquerda”.

A sondagem mostrou que 65% deles acham é uma boa ideia a realização de prévias abertas para a definição de um nome que una os diferentes partidos. Mas ao mesmo tempo, 52% acham que aquilo que divide a própria esquerda é mais importante do que os pontos de união dos militantes progressistas. Para 30%, as diferenças políticas entre as diversas correntes são “irreconciliáveis”.

Essas barreiras se refletem nos índices de popularidade de cada um dos seis pré-candidatos declarados até agora, além de outros três de extrema esquerda. O nome mais popular, da ex-ministra da Justiça Christiane Taubira, acaba de ser lançado e desponta com 39% de preferência, na pesquisa feita pela Viavoice para o jornal francês.

Já a candidata do tradicional Partido Socialista, a prefeita de Paris Anne Hidalgo, conta com apenas 23% de apoio, no último lugar entre os pretendentes da esquerda à sucessão do atual presidente, Emmanuel Macron.

Macron, aliás, aparece bem colocado na pesquisa revelada pelo Libération, em terceiro lugar: 34% dos consultados se dizem dispostos a reeleger o chefe de Estado, que comanda um governo com nomes principalmente da direita e do centro, mas incluindo da esquerda.

Discórdias sobre melhor estratégia


Leia mais

Leia também:
França: ampliação do passaporte sanitário divide candidatos à sucessão de Macron
Em longa entrevista, Macron "prepara campanha para reeleição", diz imprensa
França: Manifestantes em Paris denunciam discurso "racista" de ex-jornalista candidato à presidência

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos