'Eleições já', pede Maduro

O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, disse neste domingo querer "eleições já", em um momento de alta tensão no país pelos protestos da oposição, que exige sua saída do poder. Uma mulher morreu após participar de uma marcha pró-governo em Caracas, elevando para 21 o número de óbitos nos protestos do último mês na Venezuela.