Eleições no Brasil são modelo e EUA confiam em instituições, diz embaixada americana

Jair Bolsonaro (Foto: SERGIO LIMA/AFP via Getty Images)
Jair Bolsonaro (Foto: SERGIO LIMA/AFP via Getty Images)

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - A embaixada dos Estados Unidos disse nesta terça-feira (19) que as eleições brasileiras são um "modelo" para o mundo e que os americanos confiam na força das instituições do Brasil.

A declaração foi divulgada pela assessoria de imprensa da embaixada um dia após o presidente Jair Bolsonaro (PL) convidar dezenas de embaixadores para o Palácio da Alvorada e repetir mentiras e teorias da conspiração para desacreditar o sistema eleitoral brasileiro.

O encarregado de Negócios da embaixada americana, Douglas Koneff, que chefia interinamente a embaixada, participou da reunião com Bolsonaro.

"Como já declaramos anteriormente, as eleições no Brasil são para os brasileiros decidirem. Os Estados Unidos confiam na força das instituições democráticas brasileiras. O país tem um forte histórico de eleições livres e justas, com transparência e altos níveis de participação dos eleitores", disse a embaixada.

"As eleições brasileiras, conduzidas e testadas ao longo do tempo pelo sistema eleitoral e instituições democráticas, servem como modelo para as nações do hemisfério e do mundo", completou.

A embaixada americana ainda afirmou que está confiante de que as eleições de 2022 vão refletir a "vontade do eleitorado" e que as instituições brasileiras continuam demonstrando o "profundo compromisso com a democracia".

"À medida que os brasileiros confiam em seu sistema eleitoral, o Brasil mostrará ao mundo, mais uma vez, a força duradoura de sua democracia", concluiu.