Temer recebe Juan Manuel Santos com honras militares no Palácio do Planalto

Brasília, 20 mar (EFE).- O presidente Michel Temer recebeu nesta terça-feira com honras militares seu colega colombiano, Juan Manuel Santos, com quem se reunirá para analisar as relações comerciais bilaterais, a cooperação em defesa e meio ambiente e o impacto do fluxo migratório procedente da Venezuela.

O líder colombiano, que desembarcou ontem à noite em Brasília, participou de um seminário que reuniu empresários de ambos países e depois se dirigiu ao Palácio do Planalto.

Santos, cujo mandato termina em 7 de agosto, quando entregará o cargo ao vencedor das eleições previstas para o final de maio, passou revista às tropas de um batalhão de Dragões da Independência, guarda de honra da Presidência brasileira.

Posteriormente, subiu a rampa e encontrou com Temer, que o recebeu com um aperto de mãos junto com o chanceler brasileiro, Aloysio Nunes e sua colega colombiana, María Ángela Holguín.

Depois de escutar os hinos de ambas nações e saudar o resto de autoridades, os dois governantes se dirigiram às dependências da sede governamental, onde manterão uma reunião para tratar diversos pontos da agenda bilateral.

Entre os temas estão o comércio, os investimentos, a cooperação em agricultura familiar e a segurança na fronteira.

O comércio bilateral entre os dois países cresceu 25% em 2017 até alcançar US$ 3,9 bilhões, com um superavit para o Brasil de aproximadamente US$ 1 bilhão, segundo dados da Chancelaria.

Em nível regional, Temer e Santos discutirão a aproximação entre o Mercosul (Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai) e a Aliança do Pacífico (Chile, Colômbia, México e Peru) e a crise política, econômica e social que atravessa a Venezuela.

Neste sentido, os dois chefes de Estado analisarão o impacto do intenso fluxo de imigrantes chegados desde o vizinho país e que obrigaram ambas nações a tomar medidas de caráter humanitário.

Na Colômbia, calcula-se que nos últimos dois anos entraram mais de 500 mil venezuelanos, enquanto esse número no Brasil chega a 40 mil, de acordo com dados oficiais.

Após a reunião, Temer e Santos participarão de um ato no qual serão assinados acordos bilaterais para depois se dirigir ao Palácio Itamaraty, sede da Chancelaria brasileira, onde será oferecido um lancho em honra ao chefe de Estado colombiano.

Como fechamento desta visita oficial, Santos participará da conferência " O Poder do investimento na primeira infância para o desenvolvimento com igualdade". EFE