Eleição em cidadezinha dos Estados Unidos será decidida no cara ou coroa

Pixabay

Um vilarejo no interior do estado do Illinois, nos Estados Unidos, vai decidir quem será seu próximo dirigente de um jeito, no mínimo, inusitado: no cara ou coroa.

Os dois candidatos ao cargo de presidente do vilarejo – função equivalente a do prefeito, só que com menos poderes – empataram no processo eleitoral, realizado na semana passada. Tammy O‘Daniell-Howell e Bryan Riekena receberam 11 votos cada.

Pelas regras do estado de Illinois, onde fica a cidadezinha chamada Colp, casos assim devem ser resolvidos no cara ou coroa.

Apenas 250 pessoas se registraram para participar da votação, mas só 29 participaram do processo de escolha. 

“ Eu gostaria de ter visto mais do que 11 ou 12% de comparecimento”, lamentou Riekena ao jornal “ The Southern Illinoisan”.

O’Daniell-Howell, que entrou na disputa para honrar a memória do pai, que presidiu o vilarejo por anos, também disse que gostaria de ter visto mais gente indo às urnas.

Os dois candidatos se encontrarão no dia 20 de abril para que a moedinha decida o futuro do vilarejo.