Eleições 2020: quantos votos um vereador precisa para ser eleito em São Paulo?

·1 minuto de leitura
Agência Brasil

Em novembro de 2020 vamos às urnas eleger os próximos vereadores e prefeitos do Brasil. Ao todo, serão 5.570 novos eleitos. Entenda como é feita essa votação e quantos votos são necessários.

Como um vereador é eleito?

Com base no número total de vagas do partido (ou coligação), é escolhido e elegido o vereador. há também uma votação dentro do partido que define quão boa está sua reputação.

Para entender melhor, imagine uma cidade com 100 mil habitantes. Há 10 vagas para cada vereador na Câmara Municipal. O quociente eleitoral é composto de 10 mil votos, ou seja, para que uma coligação, ou partido eleja um vereador, é necessário um total de 10 mil votos.

Definindo o número de vereadores por município:

Quem define o número máximo de vereadores é o O art. 29 da Constituição Federal, junto à Emenda n.º 58/2009. E a Lei que que decreta essa quantidade é a Lei Organica de cada município. Ou seja, o número máximo de vereadores depende da quantidade de habitantes.

Exemplo:

Uma cidade de 450 mil a 600 mil, é disponibilizado 25 vagas para vereadores.

Qual conta fazer para calcular quantos votos um vereador precisa para se eleger?

Você precisa dividir o número de eleitores pela quantidade de cadeiras em disputa. Então, na prática:

Se o município de São Paulo tem 8.986.687 eleitores que estão dispostos a irem votar nas Eleições 2020, e se a Câmara disponibilizou 55 cadeiras para vereadores, basta dividir 8.986.687 por 55, que resulta em 163.394 votos individuais.

Lembre-se que esse cálculo é feito com votos válidos, descontando os votos em branco ou nulos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos