Eleições 2022: 13% dos eleitores de Bolsonaro não sabem número correto do candidato

Presidente Jair Bolsonaro mudou de partido para disputar eleições em 2022 (Foto: MAURO PIMENTEL/AFP via Getty Images)
Presidente Jair Bolsonaro mudou de partido para disputar eleições em 2022 (Foto: MAURO PIMENTEL/AFP via Getty Images)

A 13 dias das eleições, a nova pesquisa FSB/BTG mostra que 13% dos eleitores de Jair Bolsonaro (PL) não sabem o número do presidente na urna ou falaram o número incorreto. Segundo colocado no levantamento com 35%, Bolsonaro aparece atrás de Lula (PT), que cresceu e chegou a 44%.

A pesquisa ouviu os eleitores sobre a intenção de voto e, após a resposta, eles foram questionados “você sabe qual o número que você precisa apenas na urna para votar no candidato escolhido?”. Entre os que votam em Lula, o índice foi de 90%, enquanto entre os que votarão em Bolsonaro, foram 82%.

Entre os bolsonaristas, 11% disseram não saber o número e outros 2% erraram.

Em 2018, Bolsonaro era filiado ao PSL e o número era o 17. Agora, no PL, mudou para 22. O presidente Jair Bolsonaro foi efetivo no momento de reposicionar o eleitor em relação ao número nas urnas. Em 8 de agosto, apenas 41% dos eleitores sabiam o número de Bolsonaro. Agora, após o início da propaganda eleitoral, o índice é de 82%.

Em relação ao ex-presidente Lula, que sempre concorreu pelo PT e, portanto, com o número 13, nenhum eleitor errou o número, mas 5% afirmaram não saber quais os dígitos corretos. No mesmo período, Lula saiu de 74% de acerto para 90%.

Ciro Gomes (PDT), cujo número é 12, 36% dos eleitores sabem o dígito correto, enquanto 49% não sabem e 6% erraram. Simone Tebet (MDB), que carrega o número 15, tem índice mais alto de conhecimento: 55% não sabem os dígitos dela, enquanto 5% erraram; apenas 27% estão cientes.

Em pouco mais de um mês, houve uma queda expressiva no número de eleitores que não sabe o número do candidato escolhido: em 8 de agosto, 36% não sabiam quais dígitos precisariam colocar na urna e, agora, são 15%.

O levantamento FSB/BTG ouviu 2 mil eleitores entre os dias 16 e 18 de setembro. A margem de erro é de 2 pontos percentuais. O registro no TSE é o BR-07560/2022.