De olho em vitória no 1º turno, Lula busca apoio de músicos e influenciadores

Lula busca 'voto útil' para viabilizar possível vitória em primeiro turno contra Bolsonaro - Foto: REUTERS/Carla Carniel
Lula busca 'voto útil' para viabilizar possível vitória em primeiro turno contra Bolsonaro - Foto: REUTERS/Carla Carniel

Depois do apoio de Marina Silva (Rede), a campanha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está mirando uma declaração de voto do vocalista do Detonautas, Tico Santa Cruz. O artista é apoiador de Ciro Gomes, presidenciável pelo PDT e adversário do petista. Segundo informações da coluna de Guilherme Amado, do portal Metrópoles, a deputada Jandira Feghali (PCdoB) estaria fazendo a ponte para essa aproximação.

Tico avalia declarar apoio a Lula “por conta do momento político” de polarização entre o petista e o presidente Jair Bolsonaro (PL). Na conversa com a parlamentar, o músico afirmou ainda estar “construindo uma posição”, mas já admitiu que pode apoiar o ex-presidente ainda no primeiro turno.

Nesta segunda, o artista fez uma publicação nas redes sociais reforçando estar reflexivo.

“Esse é um bom momento para reler — e que nunca leu, ler — ‘Como as democracias morrem’. Tem me ajudado a pensar sobre o nosso momento, a conjuntura e os próximos passos!”, escreveu Tico.

Veja as últimas pesquisas eleitorais para presidente:

O artista costuma evidenciar posicionamentos políticos e já foi alvo de ameaças por criticar a gestão do presidente Jair Bolsonaro, principalmente no que se refere a gestão dele na pandemia de Covid-19.

Apoio de artistas

Além de políticos como Marina Silva e André Janones (Avante), a campanha de Lula já agrega apoio de artistas e influenciadores influentes como a cantora Anitta, a ex-participante do Big Brother Brasil Juliette, além de Gil do Vigor, e a influenciadora e empresária Bianca Andrade, conhecida como Boca Rosa. Outro cirista que já declarou voto no petista para esse ano foi Caetano Veloso.

No caso de Caetano, a virada ocorreu após participação de Lula na sabatina do Jornal Nacional, em agosto desse ano.

“Chorei vendo Lula no ‘JN’. Mais do que quando votei nele em 2002. Tanto da nossa história! Racionalmente falando, meu candidato é Ciro. Mas Lula arrebata. Sou um brasileiro típico. Voto em Lula. Rio de Janeiro inteligente, vote em Marcelo Freixo! Nada de falsas nuances”, escreveu o músico baiano no Twitter.