Eleições 2022: Mulheres estão em 52% das chapas para governos, mas maioria é vice

Eleições 2022: Em âmbito nacional, duas chapas à presidência são 100% femininas; outras duas têm mulheres como cabeça de chapa (Foto: Ton Molina/Getty Images)
Eleições 2022: Em âmbito nacional, duas chapas à presidência são 100% femininas; outras duas têm mulheres como cabeça de chapa (Foto: Ton Molina/Getty Images)

Nas eleições de 2022, as mulheres estão em mais da metade das chapas que disputarão os governos estaduais: 52%. Ao mesmo tempo, segundo levantamento feito pelo jornal Folha de S. Paulo, a maioria delas disputará o posto de vice-governadora.

De acordo com o jornal, até o último domingo (14), 217 chapas foram lançadas para disputar os governos dos 26 estados e do Distrito Federal. Delas, 37 têm mulheres como candidatas a governadoras, isto é, apenas 17% das chapas.

O número de candidatas a vice sobe de forma considerável: são 85, 39% do total de chapas registradas.

Há quatro anos, em 2018, a única governadora eleita em todo o Brasil foi Fátima Bezerra (PT), no Rio Grande do Norte.

As mulheres são 53% do eleitorado e representam 46% das pessoas filiadas a partidos políticos. Ainda assim, são minoria entre os candidatos aos governos estaduais. Uma medida tomada para reduzir a desigualdade foi a cota financeira de 30% para as mulheres. Os partidos são obrigados a dedicar cerca de um terço do fundo eleitoral para campanhas femininas.

A medida vale desde 2018, após uma decisão do Supremo Tribunal Federal. Em maio de 2022, o repasse mínimo foi aprovado como Emenda à Constituição.

No âmbito nacional, em 2022, duas chapas à presidência são formadas apenas por mulheres: Simone Tebet (MDB) e Mara Gabrilli (PSDB); Vera Lúcia (PSTU) e Raquel Tremembé (PSTU). Outras duas candidatas ao cargo mais alto do Executivo são Soraya Thronicke (União Brasil) e Sofia Manzano (PCB).

Veja como foram as últimas pesquisas eleitorais de 2022:

Qual a data das Eleições 2022?

O primeiro turno das eleições será realizado no dia 2 de outubro, um domingo. Já o segundo turno – caso necessário – será disputado no dia 30 de outubro, também um domingo.

Veja a ordem de escolha na urna eletrônica nas Eleições 2022

  1. Deputado federal (quatro dígitos)

  2. Deputado estadual (cinco dígitos)

  3. Senador (três dígitos)

  4. Governador (dois dígitos)

  5. Presidente da República (dois dígitos)