Eleições 2022: saiba qual combinação pode fazer Moro desistir da Presidência e tentar Senado

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Sergio Moro
    Jurista brasileiro, ex-Ministro da Justiça e Segurança Pública do Brasil
O ex-juiz Sergio Moro (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
O ex-juiz Sergio Moro (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
  • Sergio Moro poderá concorrer a uma vaga no Senado

  • A possibilidade pode se concretizar caso não apresente números melhores nas pesquisas

  • Decisão deverá ser tomada no próximo mês

O ex-juiz e ex-ministro do governo do presidente Jair Bolsonaro, Sergio Moro, poderá concorrer a uma vaga no Senado caso não apresente desempenho melhor nas pesquisas eleitorais para a Presidência da República. A informação é da coluna da jornalista Carolina Brígido, do portal UOL.

Moro deverá tomar a decisão no próximo mês. Segundo interlocutores do ex-juiz, se seu nome não ultrapassar 15% das intenções de voto em fevereiro, ele poderá desistir da disputa para comandar o governo federal. No momento, o índice do ex-juiz tem sido de cerca de 9%. 

Por meio de nota enviada por sua assessoria, o ex-ministro informou ser "pré-candidato à Presidência, não ao Senado".

Sergio Moro se filiou ao Podemos no dia 10 de novembro, mas, naquela data, evitou cravar sua candidatura à Presidência da República. Mas em entrevista ao programa "Conversa com Bial", da TV Globo, alguns dias depois, o ex-juiz disse se sentir pronto para liderar “um projeto de governo”.

“Eu estou preparado para assumir a liderança de um projeto de governo e certamente não estou sozinho. Me sinto pronto para liderar, nós estamos construindo um projeto consistente. Se o povo brasileiro tiver essa confiança, seguiremos adiante”, declarou.

Moro fez ainda uma avaliação sobre Bolsonaro. “Eu tinha expectativa de o presidente ser mais estadista. Fiz o máximo que eu pude, até o momento em que me foi retirada a possibilidade de continuar no governo e foi aberto aquele inquérito. O que foi gravado naquela reunião ministerial, aquilo é bastante revelador, todo mundo que assistiu aquilo viu o que estava acontecendo”, disse Moro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos