Eleições na Colômbia: líderes latino-americanos celebram vitória de Petro

Eleições na Colômbia: Gustavo Petro e Francia Márquez, do Pacto Histórico, ganharam o pleito neste domingo. (Foto: Robert Bonet/NurPhoto via Getty Images)
Eleições na Colômbia: Gustavo Petro e Francia Márquez, do Pacto Histórico, ganharam o pleito neste domingo. (Foto: Robert Bonet/NurPhoto via Getty Images)
  • Presidente Jair Bolsonaro não se manifestou

  • Pacto Histórico venceu eleições na Colômbia em votação apertada

  • Líderes latino-americanos usaram redes sociais para se pronunciar

Presidentes latino-americanos celebraram e reconheceram a vitória do novo presidente da Colômbia, o ex-guerrilheiro Gustavo Petro, nome de esquerda do pleito. Entre eles estão Gabriel Boric, do Chile, Manuel López Obrador, do México, e Alberto Fernández, da Argentina, mas não o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro (PL).

Petro é tido como primeiro presidente de esquerda do país. Após um bom desempenho no primeiro turno, venceu o segundo turno neste domingo (19) com uma margem apertada contra o candidato de direita Rodolfo Hernández. O Pacto Histórico, aliança de esquerda para as eleições, teve 50,48% dos votos válidos. Junto a Petro, vem a vice-presidente Francia Márquez, líder popular e primeira mulher negra a ocupar a posição.

Obrador chamou a vitória de Petro de “histórica”. "A vitória de Gustavo Petro é histórica. Os conservadores da Colômbia têm sido tenazes e duros. O escritor José María Vargas Vila relatava que os ditadores do seu país 'molhavam em água benta seu punhal antes de matar'".

Já Boric, também recém-eleito, foi às redes sociais manifestar sua “alegria”. "Acabo de falar com @petrogustavo para cumprimentá-lo por sua vitória na presidência da Colômbia junto com @FranciaMarquezM. Alegria para a América Latina! Trabalharemos juntos pela unidade do nosso continente nos desafios de um mundo que muda velozmente. Sigamos!"

Outro dirigente que afirmou já ter parabenizado o próximo presidente colombiano foi Fernández. "Me enche de alegria a vitória obtida @petrogustavo e @FranciaMarquezM e com o qual termina o processo eleitoral na Colômbia. Acabo de transmitir ao presidente eleito meus parabéns pela confiança que o povo depositou nele. Sua vitória convalida a democracia e assegura o caminho para uma América Latina integrada neste tempo que exige de nós a máxima solidariedade entre povos irmãos."

Nicolás Maduro, presidente da vizinha Venezuela, também se pronunciou. "Cumprimento Gustavo Petro e Francia Márquez pela vitória histórica nas eleições presidenciais da Colômbia. Foi ouvida a vontade do povo colombiano, que saiu para defender o caminho da democracia e da paz. Novos tempos se aproximam para este país irmão".

Além do presidente venezuelano, outras figuras da política do país, como o autoproclamado “presidente interino” do país Juan Guaidó, também comentaram a vitória. "A Colômbia é hoje o lar de 2 milhões de venezuelanos que fugiram em busca de futuro. Defendemos que a gestão do novo presidente @petrogustavo mantenha a proteção aos venezuelanos vulneráveis em seu país e acompanhe a luta da Venezuela para recuperar sua democracia".

Também na fronteira com a Colômbia, o presidente do Equador, Guillerme Lasso, cumprimentou Petro pela vitória. "Cumprimentei por telefone @petrogustavo por sua eleição como presidente da nossa irmã, República da Colômbia, e reiterei a disposição do nosso Governo para fortalecer a amizade e a cooperação, priorizando o desenvolvimento e a integração dos nossos povos".

Já o presidente cubano reiterou a vontade de fortalecer a relação bilateral entre os países. "Expresso meus mais fraternais cumprimentos a Gustavo Petro, @petrogustavo, por sua eleição com Presidente da Colômbia em histórica vitória popular. Reiteramos disposição para avançar no desenvolvimento das relações bilaterais pelo bem-estar dos nossos povos".

Luis Arce, presidente da Bolívia, cumprimentou Petro e comemorou o fortalecimento da “integração latino-americana”. "Parabéns ao povo colombiano! Nossos cumprimentos ao irmão @petrogustavo e à irmã @FranciaMarquezM por sua vitória hoje nas urnas. A integração latino-americana se fortalece. Nos unimos à festa das e dos colombianos. ¡Jallalla #Colombia".

Pedro Castillo, presidente do Peru que também enfrentou um duro pleito como candidato de esquerda em 2021, comemorou a “vitória democrática”. "Acabo de ligar para @petrogustavo para cumprimentá-lo por sua histórica vitória democrática na Colômbia. Nos une um sentimento em comum que busca melhoras coletivas, sociais e de integração regional para nossos povos. Irmão Gustavo, conte sempre com o apoio do Peru".

Daniel Ortega, presidente nicaraguense, também se pronunicou. "Com todo o respeito e muito carinho ao seu Povo Saudamos sua Vitória Eleitoral de hoje, 19 de Junho. Esperamos o melhor para as Famílias desse país irmão (...) Que na Nossamérica Caribenha continuemos fortalecendo uma história como nossos Povos esperam e merecem".

Por fim, Josep Borrel, chefe da diplomacia da União Europeia, cumprimentou também o novo presidente. "Cumprimento @petrogustavo por sua eleição como o próximo presidente da #Colombia. A Colômbia é um sócio fundamental para a UE. Conte com a União Europeia para seguir fortalecendo nossas relações".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos