Eleições: Veja como conferir local de votação no Whatsapp

Eleições: Veja como conferir local de votação no Whatsapp. (Photo Illustration by Omar Marques/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
Eleições: Veja como conferir local de votação no Whatsapp. (Photo Illustration by Omar Marques/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)

O aplicativo de conversas Whatsapp também pode ser uma ferramenta para checar o local de votação para o próximo dia 2 de outubro. Em parceira com o Tribunal Superior Eleitoral, o app criou um assistente virtual para disponibilizar os dados de zona e seção eleitoral. Confira o passo a passo:

  1. Envie "oi" para o número +55 61 996371078 no Whatsapp ou clique no link: https://wa.me/556196371078;

  2. No menu principal, clique em “Acesse o Chatbot;

  3. Em seguida, clique em “ver tópicos”;

  4. Dentro de “Serviços ao Eleitor”, escolha a opção “Local de votação”;

  5. Insira dados de nome completo, título de eleitor ou CPF.

Cerca de 30 milhões de eleitores no Brasil e exterior já ativaram o aplicativo e-Título, a via digital do Título de Eleitor. Somente em 2022, foram 13 milhões de ativações, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). No entanto, ainda paira uma dúvida no ar: é preciso estar com e-titulo em mãos para votar?

O Título de Eleitor não é obrigatório no dia da eleição. O documento digital é importante para consultar o local de votação - a zona e a seção eleitoral. Porém, o que o eleitor precisa ter consigo no local é apenas um documento oficial com foto, podendo ser:

  • carteira de identidade;

  • passaporte;

  • carteira de categoria profissional;

  • certificado de reservista;

  • carteira de trabalho;

  • carteira nacional de habilitação.

Quem optar por conferir os dados na versão digital deve fazer isso com antecedência, pois no dia 2 de outubro, quando ocorre o primeiro turno das eleições, a emissão do e-Título estará suspensa e só voltará a ser liberada a partir de segunda-feira (3).

Pesquisas eleitorais, como saber em quais posso confiar?

Em meio a essa diversidade de levantamentos existentes no Brasil, muitos eleitores não sabem em quais resultados acreditar.

No primeiro dia do ano passou a ser obrigatório (leia a resolução clicando aqui)o registro junto à Justiça Eleitoral de qualquer pesquisa pública relacionada às eleições para presidente e governador. Porém, se uma pesquisa está registrada não necessariamente significa que ela será confiável, isso porque não há nenhum tipo de fiscalização prévia sobre a metodologia desses levantamentos.

Atualmente, a confiabilidade das pesquisas é garantida no Brasil por meio da transparência. São algumas das informações que devem ser cadastradas junto à Justiça Eleitoral, tornando as pesquisas passíveis de contestação, caso qualquer irregularidade seja encontrada posteriormente:

  • Nome do contratante

  • Valor cobrado pela pesquisa

  • Origem dos recursos investidos

  • Metodologia

  • Período de realização

  • Sistema de fiscalização da coleta de dados

  • Tipo de questionário aplicado

Para identificar os atributos que mais merecem atenção nas pesquisas eleitorais, a reportagem do Yahoo! Notícias conversou com alguns especialistas no assunto e separou uma lista com os pontos mais importantes, confira aqui.

Qual a data das Eleições 2022?

O primeiro turno das eleições será realizado no dia 2 de outubro, um domingo. Já o segundo turno – caso necessário – será disputado no dia 30 de outubro, também um domingo.

Veja a ordem de escolha na urna eletrônica nas Eleições 2022

  1. Deputado federal (quatro dígitos)

  2. Deputado estadual (cinco dígitos)

  3. Senador (três dígitos)

  4. Governador (dois dígitos)

  5. Presidente da República (dois dígitos)