Elenco de '1899' protesta nas redes contra cancelamento da série pela Netflix: 'não faz sentido'

Parte do elenco de "1899", da Netflix, não está digerindo bem o cancelamento da série. Desde que ficaram sabendo que não haverá uma segunda temporada, os atores vêm demonstrando choque e tristeza nas redes sociais.

'1899': Quadrinista brasileira acusa série da Netflix de copiar sua HQ

Negou: Após brasileira acusar plágio, criador de '1899' e 'Dark' se manifesta: 'Nunca roubaria'

O ator galês Aneurin Barnard, que interpreta Daniel Solace, usou o Instagram para protestar contra o fim do programa. "Nem sequer nos foi dada a oportunidade de contar tanta história", escreveu Barnard. "Não faz sentido para mim e para tantos outros", continuou o ator.

Lucas Lynggaard Tønnesen, ator que vive Krester em "1899", lamentou o fim da série via Twitter. "Estamos todos verdadeiramente devastados", disse o ator, compartilhando uma foto da primeira reunião do elenco. Ele também compartilhou em seu perfil um abaixo-assinado de fãs que pedem o retorno de "1899". A petição on-line já tinha mais de 50 mil assinaturas até a manhã desta quinta-feira (5).

O diretor e roteirista alemão Baran Bo Odar, criador de "1899" ao lado de Jantje Friese, afirmou em sua conta no Instagram que "às vezes, as coisas não acontecem da forma como planejamos". Disse, ainda, que sabe que a decisão da Netflix "vai decepcionar milhões de fãs", mas não explicou o motivo do cancelamento da série.

Na trama de "1899", eventos misteriosos mudam o rumo de um navio de imigrantes que estava a caminho de Nova York, forçando os passageiros a desvendar um enigma complexo. No Brasil, a série ainda se viu em meio a uma polêmica após a quadrinista brasileira Mary Cagnin acusar a produção de plagiar sua HQ "Black silence", publicada em 2016. Na ocasião, os criadores negaram qualquer influência da obra na trama da série.

Veja a repercussão por parte do elenco nas redes: