Elenco do Flamengo tem cinco dos dez maiores participantes em Libertadores na história do clube

·1 minuto de leitura

As duas gerações que carregam os dois títulos de Libertadores do Flamengo, a atual e a do começo da década de 1980, se divide em uma lista dos atletas que atuaram mais vezes pelo clube na competição.

O levantamento aponta que dos dez jogadores que mais jogaram o torneio com a camisa rubro-negra, cinco defendem o clube atuamente.

Éverton Ribeiro, Willian Arão, Diego Ribas, Diego Alves e Renê são os nomes mais representativos em termos de números de atuações. Os líderes no geral são Júnior, com 48 jogos, seguido por Léo Moura, com 36, e Adílio, com 33.

O quinteto defende o clube há mais tempo que outras estrelas, como Gabigol, Arrascaeta e Bruno Henrique, que chegaram apenas em 2019, ano do bicampeonato.

Ribeiro, que tem 32 jogos, defende o Flamengo desde 2017. E está na sua quinta Libertadores pelo clube. O mesmo acontece com o goleiro os meias Arão e Diego Ribas, ambos com 31 jogos, e o goleiro Diego Alves, com 29. O lateral-esquerdo Renê, mesmo reserva, entra na lista, com 26 partidas, pois está no Flamengo desde o começo de 2017. Filipe Luís é outro que só chegou em 2019, quando virou titular absoluto, mas não entra na contagem recorde.

O lateral-direito Leandro aparece ao lado de Diego Alves e na frente de Renê, com 29 partidas disputadas. E em seguida vem Figueiredo, zagueiro que jogou no começo de 1980 um total de 27 partidas.

Jogos pelo Flamengo na Libertadores:

Júnior (48);

Leonardo Moura (36);

Adílio (33);

Everton Ribeiro (32);

Arão e Diego Ribas (31);

Leandro e Diego Alves (29);

Figueiredo (27);

Renê (26)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos