Eletrobras: prazo para reservar ações com FGTS termina hoje ao meio-dia. Confira passo a passo

Termina nesta quarta-feira, 8 de junho, ao meio-dia, o prazo para que trabalhadores interessados em aplicar até 50% do saldo de suas contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) em ações da Eletrobras. Será possível fazer isso na operação de capitalização da empresa, modelo pelo qual o governo federal pretende privatizar a estatal de geração de energia elétrica.

A operação, que teve sinal verde do Tribunal de Contas da União (TCU) no mês passado, já tem demanda necessária para vender papéis na oferta de novas ações, com a qual o governo terá sua participação majoritária diluída, de acordo com diversas fontes do setor. As ordens feitas por grandes investidores já superam R$ 40 bilhões, valor que praticamente garante o sucesso da capitalização (em torno de R$ 35 bilhões).

Além dessa demanda de grandes investidores, milhares de trabalhadores também estão se habilitando para participar da operação usando os recursos de suas contas vinculadas do FGTS. De acordo com gestoras de recursos, essa demanda também está alta. É a chance de tentar ganhar mais do que os 3% ao ano de rentabilidade do Fundo, embora não haja garantia de quanto o investidor vai ganhar. Afinal, ações são aplicações de risco.

A operação é similar às já realizadas com ações da Petrobras e da Vale. Ambas renderam muito mais do que a remuneração do FGTS, aponta levantamento.

Quem quer participar da capitalização com parte do seu FGTS tem que correr, já que o prazo termina ao meio-deia desta quarta-feira. Confira abaixo um passo a passo para quem tem pressa e, a seguir, perguntas e respostas para sanar suas dúvidas.

1 - Acessar app do FGTS

Primeiro, é preciso baixar o app do FGTS na loja de aplicativos do sistema operacional do seu celular. Em seguida, é preciso fazer o login com a senha de acesso.

A tela inicial mostrará seu nome, as contas vinculadas, as empresas, além de informações sobre o saque extraordinário e saque aniversário.

2 - Aderir ao Fundo Mútuo de Privatização (FMP)

O segundo passo é clicar em "Mais", no quadro inferior direito da tela. Em seguida, o usuário vai visualizar outras opções de acesso no aplicativo e deverá clicar em "Simulador de Aplicação do FMP FGTS".

Na tela seguinte, aparecerão informações sobre os Fundos Mútuos de Privatização FGTS. Se quiser simular o valor máximo que poderá ser aplicado, o trabalhador deverá clicar em Simulador. Também é possível autorizar que instituições financeiras tenham acesso aos dados do FGTS ou, ainda, procurar uma administradora para o FMP.

Ao clicar em permitir o acesso aos dados, o usuário poderá selecionar Fundo Eletrobras. A tela seguinte será para "Autorização para consulta às informações do FGTS". O usuário será então apresentado aos termos de consentimento e termos de uso para habilitação do FMP.

Depois é preciso marcar que "Li e aceito os termos de uso".

3 - Escolher a administradora dos recursos

Em seguida, o usuário tem que selecionar uma administradora FMP. A administradora será a instituição financeira que vai fazer a aplicação por você. É necessário já ter uma conta aberta em tal banco ou corretora neste dia 8 de junho. Essas instituições cobram um percentual a título de taxa de administração.

Depois que a operação for concluída, o correntista será informado pelo seu gerente ou pelos canais digitais da instituição se o valor desejado pode ser mesmo aplicado no FGTS Eletrobras.

Após a solicitação, a transação demora até cinco dias úteis. Seis meses após entrar, a pessoa pode migrar pra outro fundo FMP. Em 12 meses, o trabalhador pode retornar o dinheiro para o FGTS.

Quem pode participar da oferta utilizando saldo do FGTS?

Qualquer pessoa que possua saldo FGTS disponível, podendo ser em contas ativas e/ou inativas. Qualquer pessoa que possua investimentos em outros FMPs (Petrobras ou Vale), via FMP de Migração.

Quem aderiu ao saque-aniversário também pode participar?

Pode, desde que tenha saldo disponível suficiente para fazer a aplicação, descontado o valor do pagamento anual recebido.

Quanto posso investir?

Até 50% do saldo disponível no FGTS, considerando contas ativas e inativas, que não estiver comprometido com saque aniversário, financiamento imobiliário ou qualquer outro pagamento. O mínimo de investimento é de R$200.

Quais são as taxas de administração e as condições?

As taxas variam de 0,15% a 0,4%, dependendo do banco ou da corretora. Será preciso abrir uma conta na instituição financeira escolhida para fazer a aplicação.

A conta do Caixa Tem serve para aderir ao FGTS Eletrobras na Caixa?

Não. A conta do Caixa Tem não poderá ser usada pela operação. É necessário abrir uma conta corrente no banco.

Quanto os bancos cobram?

Incidirá Imposto de Renda com a alíquota de 15%, sobre os rendimentos auferidos entre a data de aplicação e a data de resgate que excederem à remuneração da conta vinculada do FGTS de cada participante.

E se eu desistir?

Especificamente nos casos dos fundos FMP FGTS Eletrobras, é possível alterar o valor ou cancelar a adesão até o último dia da oferta (08/06). A migração deve ser cancelada no mesmo dia, porém. Se passar desse prazo, o trabalhador terá que esperar o período de carência de 12 meses.

Após alocar os recursos em ações, posso vender os papéis e ter acesso ao dinheiro?

Não. O saque ainda segue as mesmas regras válidas para o FGTS. Ou seja, o trabalhador poderá sacar em caso de demissão sem justa causa, doença grave, aposentadoria, compra do primeiro imóvel, entre outros.

Qual o calendário para o investimento?

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos