Eletrobras tem prejuízo líquido no 3º trimestre com queda na receita

Logo da Eletrobras

SÃO PAULO (Reuters) - A elétrica Eletrobras divulgou na noite de quarta-feira um prejuízo de 88 mil reais no terceiro trimestre, abaixo do lucro de 965 milhões de reais reportado um ano atrás.

O lucro ajustado antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) caiu 36%, para 3,197 bilhões de reais.

A receita operacional líquida atingiu 8,033 bilhões de reais, queda de 13%.

O resultado trimestral foi impactado principalmente pela redução de 1,941 bilhão de reais nas receitas de transmissão, que são reajustadas pelos índices de inflação, disse a empresa.

Além disso, a companhia viu uma piora do resultado financeiro em 937 milhões de reais, em particular, pelo aumento de 1,04 bilhão de suas despesas financeiras com encargos de dívida, em função da consolidação da Santo Antônio Energia --concessionária que opera a usina hidrelétrica de mesmo nome-- e de um aumento de encargos das obrigações junto à Conta de Desenvolvimento Energético (CDE).

A maior empresa de energia da América Latina também registrou, no trimestre, provisões para Crédito de Liquidação Duvidosa (PCLD) que somaram 533 milhões de reais, influenciadas principalmente pela inadimplência da distribuidora Amazonas Energia.

A Eletrobras está passando por uma grande reforma depois que o governo brasileiro privatizou sua maior concessionária por meio de uma oferta pública bilionária. No mês passado, a empresa ofereceu demissões voluntárias para mais de 2.000 pessoas, ou cerca de 22% de sua força de trabalho.

(Por Peter Frontini, Carolina Pulice e Letícia Fucuchima)