Eletrobras: Veja como será a divisão entre quem usou o FGTS para reservar as ações

Eletrobras: Veja como será a divisão entre quem usou o FGTS para reservar as ações
Eletrobras: Veja como será a divisão entre quem usou o FGTS para reservar as ações
  • 370 mil trabalhadores que manifestaram interesse em usar o fundo;

  • A demanda somou R $8,971 bilhões;

  • Como o teto para esse investimento é de R$ 6 bilhões, parte dos recursos serão devolvidos.

Com a venda da Eletrobras sendo selada nesta quinta-feira (9), o governo também fechou como será dividida a cota de participação entre os 370 mil trabalhadores que manifestaram interesse em usar recursos do FGTS no processo de privatização da empresa.

De acordo com integrantes do Executivo, a demanda para o uso do fundo somou R $8,971 bilhões. Por exceder o teto de R$ 6 bilhões reservados a esse tipo de investimento, haverá um rateio entre os investidores.

O governo definiu que para cada R$ 1 mil reservados, o trabalhador poderá usar R$ 668 para aquisição das ações da Eletrobras. Com isso, o excedente será devolvido às contas do FGTS de origem sem qualquer remuneração.

A adesão é superior ao número registrado pela Petrobrás em oferta semelhante em 2000, quando 248 mil trabalhadores participaram com o FGTS, ficando abaixo apenas do observado na oferta da Vale, em 2002. Na ocasião, 584 mil pessoas investiram parte do Fundo de Garantia nas ações da mineradora.

Novos investidores e também trabalhadores que migraram seu seu FGTS de ações da Petrobras e da Vale compuseram a cota limitada em R$ 6 milhões. Para investir neste Fundo Mútuo de Privatização, foi permitido aos integrantes reservar até 50% do saldo do FGTS.

A Caixa Econômica Federal informou que 11 instituições financeiras se credenciaram para participar da operação com o FGTS. Ao todo, foram 24 fundos de investimentos. Entre as instituições habilitadas estão Banco do Brasil, Caixa, Itaú-Unibanco, Daycoval, Bradesco, BTG Pactual, Banco do Nordeste, Safra, Santander, XP Investimento e Genial Investimento.

Com preço por ação definido em R$ 42, a estatal teve seu processo de capitalização finalizado nesta quinta-feira. Conclui-se que a partir desta faixa de valor definida para unidade da ação, a maior empresa de energia da América Latina movimentou cerca de R$ 33,7 bilhões. E seu primeiro passo como companhia privada será a negociação das ações a partir de segunda-feira na B3.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos