Elisa Lucinda manda mensagem para Regina Duarte após atriz postar fake news: 'Deixe de ser antidemocrática'

A atriz Elisa Lucinda mandou uma mensagem para Regina Duarte após a colega de profissão com fake news em seu perfil no Instagram. A ex-secretária de cultura do governo de Jair Bolsonaro afirmou que a faixa usada por Lula na posse não era verdadeira e apontou as diferenças com a peça usada em 2019.

Marco Lucchesi será novo presidente da Biblioteca Nacional: 'A agenda política tem lugar para o sonho'

Posse: 'Respeito e cuidado' vão guiar nova gestão da Cultura, diz Margareth Menezes

Nos comentários da publicação de Regina, Elisa comentou: "Respeite o presidente eleito. Deixe de ser antidemocrática. (...) A classe está chocada com você, Regina. Uma história linda você escreveu e está dando conta de apagar. Aceite o resultado das eleições. Ou então desista de pronunciar a palavra democracia."

Além de visitar o perfil de Regina nas redes socias, Elisa também comentou a situação durante a posse de Margareth Menezes como ministra da Cultura: "Eu fui lá na página da Regina Duarte fazer um comentário, porque não sou hater. Coloquei só um toque de reflexão, nunca vou ofender ninguém em página de ninguém, é preciso que a gente avance, saia das nossas bolhas. Temos que recuperar o que se perdeu. Temos que ter coragem de falar, colocar o outro lado lá para pessoas que vão na página dela."

Entenda

Na terceira vez que assumiu a presidência, Lula vestiu a mesma faixa que nas suas duas posses anteriores, em 2003 e 2007. O item em questão remonta aos tempos de Fernando Collor de Mello e também foi usado por Dilma Rousseff, em 2015.

A faixa usada por Bolsonaro ao ser empossado em 2019 foi comprada pelo próprio petista. Ela também foi utilizada por Dilma, em 2011.

Quando o atual presidente assumiu pela primeira vez, em 2003, o adereço em uso havia sido adquirido por Collor em 1991, numa versão idêntica à anterior, que vinha em uso desde a ditadura.