Elisa Lucinda publica vídeo em que explica comentário sobre celibato de padre Fábio de Melo e pede desculpas

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A atriz Elisa Lucinda dividiu opiniões nas redes sociais após ter comentado em uma das fotos do padre Fábio de Melo dizendo que não acredita no celibato do cantor religioso. No registro, ele aparece vestindo uma calça vermelha, colete e botas pretas. Alguns internautas concordaram com a opinião da artista, e outro não. Depois da repercussão, a artista rebateu algumas das críticas que recebeu:

"Nâo estou intolerante e sim critica. Eu conheço muita gente que o acha atraente e não vejo nenhum erro nisso. Imagine, gente, não há ofensa em minhas palavras. Não considero sexo pecado. Acho um atraso da igreja tal rito. Adelia prado diz que ou tudo é bento ou nada é bento. E acho que este antagonismo entre fé e sexo, afasta os jovens, principalmente", disse.

A legenda original colocada pelo padre era:

"O frango de botas".

"To te achando muito boy e sedutor. Sou contra o celibato. Com todo respeito que te tenho, não acredito no teu. E concordo. Não deveria ser preciso negar a propria natureza, ser celibatário para ser um padre. Não faz sentido pra mim", comentou a atriz.

"Tão deselegante da sua parte vir no Instagram do padre pra falar essas coisas e olhe que já vi você em um programa falando sobre respeito. Se você não acredita, guarda suas opiniões para si", descordou um internauta.

"Concordo. Já deu né... Ok ele faz o que quiser, porém pregar algo que não vive não é "bíblico" como dizem", disse outro

Os comentários da postagem foram limitados.

Repercussão

Diante da repercussão, Elisa publicou um vídeo em seu perfil no Instagram na noite desta quarta-feira (27) para se desculpar.

"Eu queria levantar uma discussão sobre o celibato. Conheço muitos jovens nesse país e pessoas interessantíssimas que não querem exercer a vida católica devido ao celibato", disse ela no post.

"Quero dizer que essa fé não pode se antagonizar à sexualidade. Foi um jeito de falar isso, e como eu acho o Fábio bem moderno e, acho que falhei sem conversar com ele, mas entendi que poderia ser uma maneira de discutir isso", continuou.

"Não foi legal eu ter falado que não acreditava no celibato dele porque ficou parecendo que eu estava julgando uma coisa que eu não sei. Peço desculpas por isso", disse.

A artista continua dizendo que cresceu na igreja católica e que é hora de a sociedade criar maturidade para discutir certos assuntos.

"Não quis ofender ninguém e já me desculpei com ele. Acho que fé e sexualidade não são antagônicos, um homem pleno de sua natureza também pode amar a Deus", completa no vídeo. "Deus é amor", finaliza a mensagem.

O vídeos, assim como o comentário na foto do padre, dividiu a opinião dos seguidores. Uns elogiariam Elisa Lucinda, outros a consideraram intolerante.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos