Elizabeth 2ª: caixão com corpo da rainha chega a Edimburgo após cortejo fúnebre

Carro com o caixão da rainha
Carro com o caixão da rainha

O cortejo fúnebre com o caixão da rainha Elizabeth 2ª partiu neste domingo pela manhã (11/09) do Castelo de Balmoral, na Escócia, rumo a Edimburgo.

Esse foi o começo do transporte do caixão pelo país até o funeral de Estado previsto para o dia 19 de setembro, na Abadia de Westminster, em Londres.

A rainha Elizabeth 2ª, de 96 anos, morreu na quinta-feira (08/09), em Balmoral, após mais de 70 anos de reinado.

The British Broadcasting Corporation
Carro fúnebre com o caixão da rainha
Carro fúnebre com o caixão da rainha

Pelas janelas do carro fúnebre que leva o caixão da rainha era possível observar uma coroa feita de algumas das flores favoritas da rainha, cultivadas nos jardins de seu castelo.

No segundo carro do cortejo seguiam sua filha, a princesa Anne, e seu marido, o vice-almirante Tim Laurence.

A princesa Anne acompanhará o caixão no trajeto a Edimburgo e depois na viagem a Londres, prevista para a terça-feira (13/09).

Cortejo fúnebre
Cortejo fúnebre

O trajeto de Balmoral a Edimburgo é de mais de 160 quilômetros de estrada, percorridos em cerca de seis horas.

Muitas pessoas chegaram desde cedo às cidades e vilarejos pelos quais estava prevista a passagem do cortejo para dar o último adeus à monarca.

Homem com buquê de flores assiste ao cortejo da rainha
Homem com buquê de flores assiste ao cortejo da rainha
Pessoas esperam pela passagem do cortejo
Pessoas esperam pela passagem do cortejo
Pessoas esperam pela passagem do cortejo
Pessoas esperam pela passagem do cortejo

Segundo informou a correspondente real da BBC Sarah Campbell, o cortejo incluiu 45 veículos.

Imagem aérea mostra cortejo fúnebre
Imagem aérea mostra cortejo fúnebre
Carro fúnebre com o caixão da rainha
Carro fúnebre com o caixão da rainha
Pessoas esperam pela passagem do cortejo
Pessoas esperam pela passagem do cortejo

A primeira-ministra da Escócia, Nicola Sturgeon, disse que esse era "um momento triste e comovente", já que a rainha deixou "seu amado Castelo de Balmoral" pela última vez.

"Hoje, enquanto faz sua viagem a Edimburgo, a Escócia renderá homenagens a uma mulher extraordinária", postou Sturgeon no Twitter.

A chegada da procissão para a despedida final da rainha em Londres está prevista para terça-feira.

- Este texto foi originalmente publicado em https://www.bbc.com/portuguese/internacional-62864573