Elizangela é criticada por comparar vacinação obrigatória a estupro: "Desserviço"

Giselle de Almeida
·2 minuto de leitura
A atriz Elizangela. Foto: divulgação/TV Globo
A atriz Elizangela. Foto: divulgação/TV Globo

Fãs de Elizangela não esconderam sua decepção com a posição da atriz em relação à vacinação contra a Covid-19. Em uma publicação no Instagram, a intérprete comparou a obrigatoriedade da imunização contra o novo coronavírus, necessária para proteger a população da doença que já matou mais de 185 mil brasileiros, com um “estupro”.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

“Meu corpo, minhas regras”, escreveu a artista na legenda de uma ilustração que mostra uma seringa em contato com a pele. Segundo a imagem, isso representaria “penetração forçada sem consentimento”.

Leia também:

Vale lembrar que a maioria do Supremo Tribunal Federal votou a favor da vacinação obrigatória contra a Covid-19 esta semana, mas isso não significa uma imunização forçada. Quem não tomar a vacina poderia, por exemplo, ser impedido de frequentar determinados lugares, como escolas e transporte público, de acordo com a previsão em lei.

Internautas lembraram ainda que a vacina é necessária para a proteção coletiva contra a Covid-19 e que o posicionamento dela coloca a saúde de outras pessoas em risco.

“Tô aqui discutindo com a Elizangela, de quem sou muito fã, porque ela fez um post antivax mega infeliz. Decepcionado”, desabafou um (ex-)admirador da artista.

“Elizangela, não preste um desserviço desse”, reclamou outro.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube