Elon Musk afirma que vai comprar Twitter para criar o 'X, o app de tudo'

Elon Musk refez a proposta de compra da rede social e está disposto a pagar os US$ 44 bilhões (Getty Image)
Elon Musk refez a proposta de compra da rede social e está disposto a pagar os US$ 44 bilhões (Getty Image)
  • Elon Musk disse que voltou atrás na decisão de comprar o Twitter

  • Bilionário afirmou que quer criar o "X, app de tudo"

  • CEO da Tesla não deu detalhes sobre o projeto

Depois de voltar atrás e dizer que vai comprar o Twitter, Elon Musk afirmou na noite desta terça-feira (4) que "comprar o Twitter é um acelerador para criar o X, o app de tudo".

Em resposta à publicação, um seguidor comentou que seria mais fácil começar o aplicativo X do zero. "O Twitter provavelmente acelera o X em 3 a 5 anos, mas posso estar errado", respondeu o CEO da Tesla.

No mesmo dia, a Bloomberg revelou que Musk refez a proposta de compra da rede social e está disposto a pagar os US$ 44 bilhões que ofereceu inicialmente para não ter que enfrentar a corporação nos tribunais dos Estados Unidos.

O embate começou após o homem mais rico do mundo desistir da compra e a empresa querer obrigá-lo a concluir o que havia sido acordado. O julgamento da negociação estava marcado para acontecer no dia 17 de outubro.

É importante lembrar que desde 2017, o domínio "x.com" pertence a Musk. Na época em que comprou o endereço virtual, afirmou que ainda sem planos para ele, mas apenas por possuir valor sentimental, uma vez que ele tinha uma startup nos anos 2000 que operava com esse nome.

Mas, ao após as declarações polêmicas postadas no Twitter, o bilionário não explicou como deve transformar a famosa rede social em um "aplicativo de tudo".