Elon Musk diz que vai encontrar novo líder para Twitter

Por Hyunjoo Jin e Tom Hals

(Reuters) - Elon Musk disse nesta quarta-feira que espera reduzir seu tempo no Twitter e, eventualmente, encontrar um novo líder para administrar a empresa de mídia social, acrescentando que espera concluir uma reestruturação organizacional esta semana.

Musk fez as observações enquanto testemunhava em um tribunal de Delaware para se defender contra alegações de que seu pacote de pagamento de 56 bilhões de dólares na Tesla foi baseado em metas de desempenho fáceis de atingir e foi aprovado por um conselho de diretores submisso.

Os investidores da Tesla estão cada vez mais preocupados com o tempo que Musk está dedicando para transformar o Twitter.

As ações da Tesla recuavam cerca de 3% nesta tarde.

“Há uma explosão inicial de atividade necessária após a aquisição para reorganizar a empresa”, disse Musk em seu depoimento. "Mas então espero reduzir meu tempo no Twitter."

Musk também admitiu que alguns engenheiros da Tesla estavam ajudando na avaliação das equipes de engenharia do Twitter, mas disse que era uma ajuda "voluntária" e "fora do expediente".

As duas primeiras semanas do bilionário como proprietário do Twitter foram marcadas por rápidas mudanças e caos. Ele rapidamente demitiu o presidente-executivo anterior da empresa e outros executivos e, em seguida, demitiu metade da equipe da plataforma de mídia especial no início deste mês.

Musk enviou um e-mail aos funcionários do Twitter nesta quarta-feira, dizendo que eles precisavam decidir até quinta-feira se queriam permanecer na empresa para trabalhar "longas horas em alta intensidade" ou receber uma indenização de três meses de pagamento.

(Por Hyunjoo Jin e Tom Hals)