Elon Musk diz que vai banir usuários do Twitter que fazem imitações

Após comprar o Twitter, Elon Musk anuncia mudanças na rede social (Getty Image)
Após comprar o Twitter, Elon Musk anuncia mudanças na rede social (Getty Image)
  • Elon Musk anunciou que contas de paródia podem ser suspensas;

  • Bilionário disse que usuários não serão alertados;

  • Dono do Twitter ainda anunciou que assinantes podem perder o selo azul.

Quando Elon Musk negociava a compra do Twitter, dizia que iria "legalizar" a comédia na rede social, fazendo alusão ao plano de derrubas as diretrizes de controle de conteúdo na plataforma. No entanto, assim que assumiu o controle da empresa, o bilionário alegou que vai instituir limites para os usuários.

O novo dono do Twitter anunciou que a partir de agora, quem imitar contas e não deixar claro que se trata de uma paródia, será suspenso. Segundo Musk, o usuário nem mesmo será avisado antes de tomar o banimento.

"Daqui para frente, qualquer usuário do Twitter envolvido em imitações sem claramente especificar "paródia" será permanentemente suspenso", afirmou Elon Musk. "Anteriormente, nós enviávamos um aviso antes da suspensão, mas agora que liberamos amplamente a verificação, não existe mais aviso."

Na ocasião do anúncio, o bilionário disse ainda que "qualquer mudança de nome" no Twitter também fará com que o selo de verificação seja temporariamente retirado do usuário. "Isso será uma condição para se tornar assinante do Twitter Blue", completa o homem mais rico do mundo.

O atrito começou, aparentemente, após a liberação do verificado para assinantes do Twitter Blue, que custa US$ 8 no exterior. Com o inicio da modalidade paga, algumas contas começaram a usar o nome "Elon Musk" na rede social como forma de protesto ou brincadeira. Apesar de dizer que é a favor da liberdade de expressão, o CEO da Tesla parece não ter gostado de ter sido o alvo das piadas.