Elon Musk, Jeff Bezos e Bill Gates perdem R$ 544 bilhões em cinco meses

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Em cinco meses, Elon Musk, Jeff Bezos e Bill Gates perderam juntos US$ 115 bilhões. Foto: REUTERS/Mike Blake.
Em cinco meses, Elon Musk, Jeff Bezos e Bill Gates perderam juntos US$ 115 bilhões. Foto: REUTERS/Mike Blake.
  • Em cinco meses, Elon Musk, Jeff Bezos e Bill Gates perderam juntos US$ 115 bilhões;

  • Musk perdeu US$ 46,4 bilhões, Bezos, US$ 53,2 bilhões, e Gates, US$ 15,1 bilhões;

  • Grande parte da riqueza de Musk está vinculada às ações da Tesla.

Elon Musk, CEO da Tesla, Jeff Bezos, fundador da Amazon, e Bill Gates, cofundador da Microsoft, perderam juntos US$ 115 bilhões, cerca de R$ 544 bilhões na cotação atual, de seus patrimônios líquidos durante os últimos cinco meses, enquanto o mercado de ações tropeçava.

Musk viu sua fortuna diminuir em US$ 46,4 bilhões, enquanto Bezos perdeu US$ 53,2 bilhões e Gates, US$ 15,1 bilhões, segundo o Bloomberg Billionaires Index, ranking diário de pessoas mais ricas do mundo.

Leia também:

Na última sexta-feira (27), o homem mais rico do mundo valia US$ 224 bilhões, Bezos, US$ 139 bilhões, e Gates, US$ 123 bilhões.

Já Bernard Arnault, presidente do conglomerado de luxo francês LVMH, e terceira pessoa mais rica do mundo, viu seu patrimônio líquido decair US$ 44,7 bilhões desde janeiro deste ano, chegando a US$ 133 bilhões.

Grande parte da riqueza de Musk está vinculada às ações da Tesla. A fortuna de Bezos tem uma relação similar com a Amazon.

Entretanto, as participações de Gates na Microsoft atualmente são relativamente modestas. Ao contrário do CEO da SpaceX, o cofundador da companhia de software e produtos eletrônicos tem um portfólio de participações mais diversificado.

*As informações são do Business Insider.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos