Elon Musk “mente” sobre morar em casa humilde e vive em mansão de luxo

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Foto: Getty Images.
Foto: Getty Images.
  • Elon Musk está vivendo em uma mansão de luxo na cidade de Austin, no Texas;

  • A propriedade é de Ken Howery, empresário cofundador do Paypal;

  • Em postagem feita em junho no Twitter, Musk disse que estava vivendo em uma casa de US$ 50 mil.

Elon Musk, CEO da Tesla e da SpaceX, passa bastante tempo escrevendo no Twitter, e algumas vezes pode "informar" demais. 

Em junho, o bilionário comentou na rede social que estava vivendo em uma casa alugada em Boca Chica, no estado do Texas, nos EUA, avaliada em US$ 50 mil, cerca de R$ 284 mil na cotação atual.

Contudo, segundo um jornal norte-americano, a informação não é verdadeira, e Musk está vivendo em uma mansão de luxo na cidade de Austin, também no Texas, que é propriedade de Ken Howery, empresário cofundador do Paypal e ex-embaixador dos EUA na Suécia.

Leia também:

No tweet, o magnata havia dito que estava alugando sua casa principal, em Boca Chica, por US$ 50 mil.

Entretanto, o jornal norte-americano aponta que, há cerca de um ano, Musk vive em uma mansão de quase 743 metros quadrados.

Howery comprou o imóvel em 2018 por US$ 12 milhões, ou seja, cerca de R$ 68 milhões na cotação atual, valor que na época era o mais caro no mercado de Austin.

Não se sabe se o homem mais rico do mundo estaria pagando um aluguel para viver na mansão do amigo. Segundo fontes anônimas, o bilionário procurou locais para morar na cidade norte-americana.

O principal elo entre os dois magnatas é o PayPal Holding, em que Howery é cofundador e Musk participou como executivo.

Com informações da Forbes.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos