Elon Musk pode ter R$ 3,5 bilhões em isenção fiscal após vender ações da Tesla

Elon Musk pode ter 3,5 bilhões em isenção fiscal após vender ações da Tesla
Elon Musk pode ter 3,5 bilhões em isenção fiscal após vender ações da Tesla
  • O valor das ações de Musk, que renderam cerca de R$ 42,63 bilhões, foi menor do que o pago na aquisição;

  • Apesar disso, Musk pode ainda receber uma enorme baixa na tributação;

  • O bilionário vendeu as ações para compor a verba utilizada na aquisição do Twitter;

Ao vender 9,6 milhões de ações da Tesla, Elon Musk embolsou cerca de R$ 42,63 bilhões. Apesar do valor obtido na transação ter sido menor do que o pago na aquisição, além de compor a verba para aquisição do Twitter, pode render ao homem mais rico do mundo uma redução de impostos entre R$ 2 bilhões e R$ 3,5 bilhões, segundo informou a CNN nesta quinta-feira.

Uma peculiaridade na lei tributária permite que Musk faça uma enorme baixa, já que IRS (órgão semelhante a receita federal nos EUA) está preocupado principalmente com o valor das ações quando ele fez a compra inicial e quando vendeu as ações.

No final do ano passado, Musk comprou 22,9 milhões de ações da Tesla quando o preço das ações oscilava em torno de R$ 5 mil por ação. Mas a aquisição das ações foi feita por meio do exercício de opções que lhe são estendidas como parte de sua remuneração por ser CEO. Com isso, ao invés de pagar total por ação, ele só teve que pagar R$ 31,35 por ação – um grande desconto.

A enorme conta fiscal de R$ 55 bilhões que Musk tinha este ano perante ao tesouro americano, o forçou a descarregar 10,3 milhões de ações da Tesla. A boa notícia para o bilionário foi que a base de custo de R$ 5 mil – e não os R$ 31, 35 por ação que ele pagou como parte de seu pacote de remuneração – se aplicava às 12,6 milhões de ações restantes no que dizia respeito ao fisco.

Quando Musk vendeu as 9,6 milhões de ações na semana passada, as ações da Tesla estavam sendo negociadas a cerca de R$ 4.184 por ação. Isso significa que Musk – pelo menos no papel – quase R$8,54 bilhões na transação, embora na realidade tenha embolsado um lucro inesperado, já que pagou apenas uma fração do custo por ação.

Especialistas em impostos acreditam que as ações que Musk vendeu na semana passada faziam parte do bloco de ações que ele adquiriu no ano passado, uma vez que têm a base de custo mais alta de qualquer uma das ações em seu portfólio. Com isso Musk pode anular a “perda” e reduzir sua conta de imposto sobre ganhos de capital.

Outra maneira pela qual Musk se beneficia das leis tributárias é que ele pode decidir legalmente esperar e descontar o prejuízo fiscal contra ganhos de capital futuros.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos