Elon Musk quer trazer nova rede de internet para o Brasil; burocracia pode atrapalhar

·1 minuto de leitura
智慧城市
Apenas apenas 0,85% dos acessos de banda larga utilizam o recurso do satélite no Brasil (Getty Image)
  • SpaceX quer oferecer rede via satélite para o país;

  • Conexão pode chegar em lugares afastados dos centros urbanos

  • Complexidade do sistema pode atrasar ou inviabilizar autorização.

Não é de hoje que a internet por satélite faz parte da vida do brasileiro. Apesar de já ser um mercado explorado no país, a empresa SpaceX, do bilionário Elon Musk, quer trazer um novo modelo de sinal utilizando essa tecnologia.

Leia também:

O projeto, que leva o nome de Starlink, promete levar sinal para regiões afastadas de grandes centros urbanos, nos quais as operadoras locais não chegam. Atualmente, apenas 0,85% dos acessos de banda larga utilizam o recurso do satélite.

No mercado brasileiro, a conexão via fibra é responsável por mais de metade dos acessos na rede. O modelo é ideal para cidades grandes, mas extremamente caro para lugares mais afastados. Já o satélite tem uma cobertura muito maior de sinal.

Incerteza sobre a aprovação do projeto

Mesmo com a intenção de investimento, ainda não de hora de comemorar. O sistema projetado pela SpaceX é muito complexo, o que pode atrasar ou impossibilitar a autorização de funcionamento.

A empresa já entrou com um pedido formal para atuar no Brasil. Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) está analisando a proposta.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos