Elon Musk revela quando irá reverter a suspensão de Trump no Twitter

A abordagem do bilionário à moderação de conteúdo tem sido observada de perto pelos críticos. (AP Photo/Ringo H.W. Chiu, File)
A abordagem do bilionário à moderação de conteúdo tem sido observada de perto pelos críticos. (AP Photo/Ringo H.W. Chiu, File)
  • Elon Musk revelou que em algumas semanas a rede social pode começar a reverter as suspensões em contas;

  • O CEO do Twitter disse que planeja criar um novo “conselho de moderação de conteúdo”;

  • A abordagem do bilionário à moderação de conteúdo tem sido observada de perto pelos críticos.

O novo dono do Twitter, Elon Musk, revelou que em algumas semanas a rede social pode começar a reverter as suspensões em contas pertencentes ao ex-presidente dos EUA, Donald Trump e outros indivíduos.

“O Twitter não permitirá que ninguém que tenha sido desplataformado por violar as regras do Twitter volte à plataforma até que tenhamos um processo claro para fazê-lo, o que levará pelo menos mais algumas semanas”, tuitou Musk, sem mencionar Trump ou qualquer outra conta banida por nome.

O CEO do Twitter também observou que planeja criar um novo “conselho de moderação de conteúdo” que “incluirá representantes com visões amplamente divergentes, que certamente incluirá a comunidade de direitos civis e grupos que enfrentam violência alimentada pelo ódio”.

A abordagem do bilionário à moderação de conteúdo tem sido observada de perto pelos críticos. Ele declarou anteriormente a intenção de priorizar a liberdade de expressão no Twitter, e isso poderia encorajar as vozes extremistas na plataforma.

Musk declarou meses atrás que apoiaria uma reversão da suspensão de Trump, que foi imposta pela primeira vez após o motim de 6 de janeiro no Capitólio, nos EUA. Mas o homem mais rico do mundo ainda não confirmou seus planos para a conta desde que concluiu sua compra no Twitter na semana passada.

“Se eu ganhasse um dólar para cada vez que alguém me perguntasse se Trump está voltando para esta plataforma, o Twitter estaria cunhando dinheiro!” Musk brincou no início desta semana.

O excêntrico executivo detalhou seu cronograma para revisões de contas suspensas em resposta a um tweet do chefe de segurança e integridade da rede social, Yoel Roth, que estava discutindo os preparativos da empresa para as eleições intermediárias.

“Estamos vigilantes contra tentativas de manipular conversas sobre as eleições de meio de mandato dos EUA em 2022”, escreveu Roth.