Elon Musk será CEO do Twitter apenas por alguns meses

Elon Musk será CEO do Twitter apenas por alguns meses
Elon Musk será CEO do Twitter apenas por alguns meses
  • Elon mUSK fechou a compra da rede social por mais de R$ 220 bilhões;

  • Atualmente, ele é o executivo chefe da Tesla, SpaceX, e de startups menores;

  • Musk ainda não falou publicamente sobre seus planos para a liderança.

Após concluída a aquisição do Twitter de mais de R$ 220 bilhões, ao que tudo indica, Elon Musk planeja atuar como executivo-chefe da rede social apenas interinamente. Ao adquirir a empresa, o bilionário adicionará mais um título de CEO à sua agenda lotada.

Espera-se que o magnata da tecnologia de 50 anos – que atualmente é CEO da Tesla e SpaceX, bem como startups menores , incluindo a empresa de computadores Neuralink – preencha o cargo principal no Twitter temporariamente, provavelmente com duração de alguns meses. , informou a rede de notícias CNBC na quinta-feira.

O relatório pareceu assustar os investidores da Tesla. As ações da empresa de carros elétricos liderada por Musk estavam sendo negociadas mais de 3% mais baixas em relação a abertura.

Musk ainda não falou publicamente sobre seus planos para a liderança de longo prazo do Twitter. Ele delineou vários objetivos para o aplicativo assim que o acordo for fechado, incluindo um foco renovado na liberdade de expressão, a eliminação de bots de spam e uma revisão da estratégia de monetização do Twitter.

Na semana passada, a Reuters informou que Musk já identificou um candidato a CEO para o Twitter – embora o indivíduo ainda não tenha sido identificado.

A compra de Musk provocou especulações de que os atuais executivos, como o CEO do Twitter, Parag Agrawal, e o principal diretor jurídico da empresa, Vijaya Gadde , ficarão desempregados quando a transação for concluída.

Agrawal atuou como CEO do Twitter por apenas alguns meses, tendo substituído o fundador e ex-chefe da empresa, Jack Dorsey, em novembro passado.

Um documento da agência reguladora do mercado de capitais americano, a Securities and Exchange Commission (SEC), na quinta-feira revelou que Musk garantiu mais de R$ 35 bilhões em financiamento de investidores externos para apoiar sua oferta, incluindo o cofundador da Oracle Larry Ellison, a gigante de private equity Sequoia Capital e o bilionário príncipe saudita Alwaleed Bin Talal Bin Abdulaziz Al-Saud.

O relatório também mostrou que Musk continuará a se envolver com outros investidores em potencial – incluindo Dorsey, que pode contribuir com algumas de suas ações para a aquisição.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos