Elsa Hosk rebate críticas após posar nua com a filha de 7 meses no colo: 'Se você acha que é pornografia, envergonhe-se'

·2 minuto de leitura

RIO — A modelo sueca Elsa Hosk, de 32 anos, rebateu as inúmeras críticas que recebeu nas redes sociais após ter publicado imagens suas nua com sua filha, Tuulikki Joan Daly, de 7 meses, em seu colo. Ela replicou o comentário de um internauta que explicou ter denunciado o post visando à "segurança" do bebê e dela própria, sob o argumento de que as fotos poderiam ser interpretadas como "pornografia infantil".

"Você sabe que pode ter sérios problemas por postar pornografia infantil, certo? Eu sei que você é uma nova mãe, mas isso é como um conhecimento básico", afirmou o seguidor.

Nos Stories, Elsa negou que sua postagem se enquadre como pornografia infantil e a descreveu como algo "normal", que "acontece todos os dias".

"Uau. Postar uma foto onde estou com meu bebê nu não é pornografia infantil. É uma coisa normal. Acontece todos os dias. No mundo todo. E se eu decidir postar isso, é minha escolha. Se alguma pessoa doente na internet pensa que é pornografia, isso é problema da pessoa, não meu. Recuso-me a viver minha vida de acordo ou com medo de pessoas doentes na internet. Eu não vivo com esse medo", afirmou a ex-estrela da Victoria's Secret. "Se você acha que é pornografia, envergonhe-se".

A postagem que gerou polêmica mostra Elsa nua com a filha nos braços na frente de uma janela com vista para a cidade de Nova York. Em outra foto, a mãe aparece na cama do quarto com o bebê também nu.

"Deixe-me contar a você sobre a cidade onde me apaixonei por seu pai", escreveu ela na legenda, referindo-se ao namorado, Tom Daly.

Elsa se defendeu dos ataques, dizendo que "estar nua com o bebê é a coisa mais linda".

"Pele com pele... Cria hormônios que ajudam nós dois a nos conectarmos e a ter um vínculo mais forte. Como isso é lindo? Não se preocupe com a segurança do meu bebê, ela está exatamente onde pertence, literalmente em meus braços nus. Foi tão natural para nós, e não fomos ensinados que nosso corpo era algo que devíamos esconder por medo do que os estranhos pudessem pensar. Acho que criou uma relação muito saudável com a nudez e com meu próprio corpo. Nunca me senti estranha por estar nua", declarou.

Tuulikki nasceu em fevereiro e, já no mês seguinte, Elsa foi criticada por postagem foto amamentando a criança.

"Acho interessante a quantidade de DMs que recebo de homens que ficam ofendidos quando você posta uma foto de amamentação. Tipo, por que a coisa mais natural é tão ofensiva para você?", questionou. "Os seios existem literalmente para que possamos alimentar nossos filhos".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos