Elvis Cezar se diz convicto com Ciro após ter apoiado Bolsonaro e promete contratar policiais

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
***ARQUIVO*** BARUERI SP BRASIL 11.06.2018 -  Elvis Cezar (PDT).  (Foto Reinaldo Canato / Folhapress)
***ARQUIVO*** BARUERI SP BRASIL 11.06.2018 - Elvis Cezar (PDT). (Foto Reinaldo Canato / Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O pré-candidato ao Governo de São Paulo Elvis Cezar (PDT) diz ter "plenitude de convicção" de que o o seu correligionário Ciro Gomes chegará ao segundo turno na eleição presidencial deste ano.

Ex-prefeito de Santana do Parnaíba (SP), ele também afirma que, caso eleito para o Palácio dos Bandeirantes, vai "contratar e repor" policiais para as forças de segurança estaduais.

"Vamos chamar [aprovados] de concursos [públicos] se tiver. Se não, vamos chamar concursos. Precisa chamar [mais policiais] imediatamente", disse ele em sabatina realizada por Folha de S.Paulo e UOL na tarde desta terça (3).​

O pré-candidato reforçou que seguirá com a sua candidatura até o fim e descartou a possibilidade de se aliar a outras chapas ou concorrer a cargo no Legislativo. No pleito para o Palácio do Planalto, Cezar considera Ciro o candidato "mais preparado do Brasil".

"Estou cansado de votar por exceção", disse ele, que apoiou Jair Bolsonaro (PL) em 2018. "Agora estamos apoiando o voto de convicção" emenda o ex-prefeito sobre o presidenciável do seu partido.

Entre seus projetos para caso seja eleito governador paulista, ele conta que vai fazer um decreto para "auditoria de todas as praças de pedágio" da malha rodoviária estadual. Segundo ele, essas tarifas —que ele considera altas— são um dos motivos pelos quais "o sistema produtivo em São Paulo está enforcado".

"A tarifa do pedágio hoje no estado nos gera indignação. É uma trava ao desenvolvimento econômico", seguiu ele. "Temos que auditar, verificar a economicidade, ver se está certo o valor aplicado. E, se estiver, indenizar para abaixar [a tarifa]."

Cezar também disse que o eleitor paulista não vai "aceitar candidaturas que surfam ondas dos seus candidatos a presidência da República".

O pré-candidato deixou o PSDB para se filiar ao PDT. Na entrevista, ele disse ser muito grato à legenda tucana, onde passou boa parte da trajetória política dele. Mas lamenta que no último governo ele foi pouco ouvido e afirma que o partido se distanciou do povo "e assim teve os resultados que estamos percebendo agora".

"O partido, de forma geral, falhou. O principal que se afastou da população foi o governador [João Doria], que não ouviu. E isso repercutiu numa situação muito desfavorável no estado", avalia o postulante a chefe do Executivo de SP.

Foi então que recebeu o convite para integrar o PDT, agremiação da qual, de acordo com Cezar, "os pilares são tudo o que pratiquei ao longo da minha vida na gestão pública". ​

A entrevista com o ex-prefeito de Santana do Parnaíba foi conduzida pelo apresentador Diego Sarza, pelo colunista do UOL Leonardo Sakamoto e pela jornalista da Folha de S.Paulo Carolina Linhares.

O ex-ministro Abraham Weintraub (PMB) foi sabatinado na manhã desta terça (3).

Na conversa, ele criticou o também ex-ministro Tarcisio de Freitas, que é pré-candidato ao Governo de SP pelo Republicanos. Ele também disse que o presidente Jair Bolsonaro (PL) o decepcionou e repetiu a afirmação de que sofreu ameaças para desistir da disputa.

Márcio França (PSB) e Felicio Ramuth (PSD) também já participaram.

Na quarta (4), serão sabatinados os pré-candidatos Rodrigo Garcia (PSDB) e Vinicius Poit (Novo), às 10h e às 16h, respectivamente. As sabatinas são ao vivo, com 60 minutos de fala.

RAIO-X

ELVIS CEZAR, 45

Formado em direito, foi vereador e prefeito em Santana do Parnaíba (SP). É apresentador do programa "Brasil que Faz", transmitido pela RedeTV! Neste ano, deixou o PSDB, partido que integrou por 19 anos, e se filiou ao PDT.

CONFIRA AS DATAS DAS SABATINAS E DOS DEBATES

Sabatinas presidenciais​

2º turno - de 10 a 14/10

Debates presidenciais

2º turno - 13/10, às 10h

Debate com candidatos à Vice-Presidência

1º turno - 29/9, às 10h

Debate com candidatos ao Senado

1º turno - 27/9, às 10h

Sabatinas com pré-candidatos ao Governo de SP​

Rodrigo Garcia (PSDB) - 4/5 - 10h

Vinicius Poit (Novo) - 4/5 - 16h

Altino Junior (PSTU) - 5/5 - 10h

Tarcísio de Freitas (Republicanos) - 6/5 - 10h

Fernando Haddad (PT) - 6/5 - 16h

2º turno - de 17 a 21/10

Sabatinas confirmadas em MG

Lorene Figueiredo (PSOL) - 9/5 - 10h

Miguel Corrêa (PDT) - 11/5 - 10h

Alexandre Kalil (PSD) - 12/5 - 10h

Carlos Viana (PL) - 13/5 - 10h

Romeu Zema (Novo) não aceitou o convite

Sabatinas confirmadas no RJ

Felipe Santa Cruz (PSD) - 16/5 - 10h

Rodrigo Neves (PDT) 18/5 - 10h

Antonhy Garotinho (União Brasil) - 18/5 - 16h

Marcelo Freixo (PSB) - 20/5 - 10h

*Cláudio Castro (PL) ainda não respondeu ao convite

Demais sabatinas

Semana de 23/5 - BA

Semana de 30/5 - PR

Semana de 06/6 - RS

Semana de 13/6 - PE

Semana de 20/6 - CE

Debates com candidatos ao Governo de SP

1º turno - 19/9, às 10h

2º turno - 20/10, às 10h

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos