Em último post, Erasmo Carlos celebrou vitória no Grammy Latino com disco que revisita hits da Jovem Guarda

Erasmo Carlos foi valorizado em vida. E dias antes de morrer estava agraciado com mais uma homenagem: o Grammy Latino. O cantor ganhou o troféu de Melhor álbum de rock ou música alternativa em Língua portuguesa. Foi essa, inclusive, a última postagem registrada nas redes sociais.

"É tão importante entender o conceito, quanto ouvir a música. Existem várias formas de amor, e eu preciso de todas. Obrigado a todos que contribuíram para mais essa vitória, esse Grammy é o reconhecimento do nosso trabalho. O 'Futuro pertence à Jovem Guarda'!", escreveu o Tremendão.

No álbum, o artista revisita sucessos da era que o lançou ao estrelato, mas cantando músicas que ainda não eram conhecidas em sua voz. O projeto se tornou um xodó do eterno garoto do rock.

"Projeto audacioso que precisava de amigos talentosos para existir: Léo Esteves, Marcus Preto, Pupillo, músicos maravilhosos e técnicos, pessoal da Som Livre com todo seu carinho e… Eu, que sou agente pujante desta minha estrada. Vamos cuidar da Jovem Guarda que está nascendo agora. Este é o meu recado com este álbum e com o nome escolhido e acolhido".