Em 2020, Congresso deve manter foco em agenda do crescimento

Natália Portinari e Gustavo Maia
Os presidentes da Câmara e do Senado, Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre

BRASÍLIA - Após um ano priorizando a agenda econômica, o comando do Congresso Nacional definiu que continuará focado nas pautas que podem auxiliar a retomada do crescimento em 2020. Em detrimento de projetos de lei que tratem de costumes, como o Escola sem Partido, os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), prometem acelerar a votação de temas como a reforma tributária, a autonomia do Banco Central e o projeto que trata da flexibilização do licenciamento ambiental para obras.

Maia promete pautar ainda em fevereiro o projeto que muda regras ambientais. Este ano, a Câmara discutiu o tema em uma Comissão Geral. O presidente da Casa tem pregado que é preciso equilíbrio entre preservação do meio ambiente e regras mais claras para que empreendedores se sintam incentivados a fazer investimentos.