Em 5 anos, ao menos 100 crianças foram baleadas no RJ

Na última sexta-feira (16), Kaio Guilherme da Silva Baraúna, de apenas 8 anos de idade, estava na fila para fazer uma pintura corporal na festa da escola onde a mãe trabalha, na comunidade da Vila Aliança, em Bangu, no Rio de Janeiro, quando caiu no chão. O menino foi atingido na cabeça por uma bala perdida.