Em ano eleitoral, Bolsonaro promete ênfase em criação de emprego e combate à inflação

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Presidente Jair Bolsonaro em Brasília
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Por Lisandra Paraguassu

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira que a ênfase do governo neste ano será na criação de empregos e no combate à inflação.

No ano em que deve tentar a reeleição --segundo as pesquisas eleitorais mais recentes, permanece bem atrás do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva-- Bolsonaro terá que lidar com uma inflação que fechou o ano de 2021 em 10,06%.

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística apresentados nesta sexta mostram que a taxa de desemprego recuou no trimestre encerrado em novembro de 2021, mas ainda está em 11,6% da população. Além disso, a renda média dos trabalhadores voltou a cair, em 4,5% em relação ao trimestre anterior.

A promessa da ênfase na geração de empregos e no combate á alta dos preços foi feita pelo presidente durante cerimônia de lançamento de programa para voluntários em serviços civis nesta sexta no Palácio do Planalto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos